Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Após pressão na internet, deputado coleta 18 assinaturas para CPI da Energisa em MT

A pressão popular iniciada na internet por causa do aumento exorbitante nas faturas de energia elétrica em Mato Grosso, começa a surtir efeitos. O deputado estadual Elizeu Nascimento (DC), apresentou na Assembleia Legislativa, um requerimento para instalar a “CPI da Energisa” e garante que já tem 18 assinaturas. Para uma CPI sair do papel no Legislativo mato-grossense são necessárias as assinaturas de oito parlamentares. Confira ao final do texto os 18 nomes.

O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (8) após a divulgação, em diversos veículos de comunicação do Estado, de uma mobilização de milhares de pessoas apoiando uma petição online lançada para coletar assinaturas para uma CPI a fim de investigar a Energisa, empresa responsável pelos serviços de Energia Elétrica em Mato Grosso, por causa das “contas abusivas”.

Conforme o deputado Elizeu Nascimento, a CPI visa o requerimento foi apresentado na sessão ordinária desta terça-feira e “investigar com profundidade possíveis irregularidades da empresa Concessionária de Energia Elétrica de Mato Grosso Energisa S/A quanto ao aumento abusivo nas contas de energia elétrica nos municípios do Estado, bem como o enxugamento nos quadros de funcionários e a má prestação dos serviços concessionados”.

Elizeu observa que a CPI se justifica mediante o grande o número de pessoas que estão reclamando dos serviços prestados pela Energisa, retratado em levantamentos realizados pelo Procon Estadual. No órgão de proteção aos consumidores, a concessionária lidera o ranking de reclamações.

Imagem: Energisa protesto em Porto Velho
Protesto contra a Energisa realizado em Porto Velho (RO) por cobranças abusivas – Foto: Facebook

O deputado também levou em conta a petição pública de abaixo-assinado nas redes sociais que na terça-feira já contava com mais de 9 mil  assinaturas, solicitando a instalação da CPI da Energisa. Pela manhã desta quarta-feira (9), por volta das 10h, a petição já reunia 11.810 nomes.

“É preciso uma investigação dos serviços prestados por essa empresa, pois já tem algum tempo havendo reiteradas reclamações sobre abuso no valor cobrado na conta de energia e do precário atendimento feito a população”, explicou o parlamentar através de sua assessoria de imprensa.

Vale ressaltar que reclamações semelhantes contra e Energisa também estão presentes nos estados do Acre, Rondônia e Paraíba. Nas Assembleias Legislativas do Acre e de Rondônia já existem CPIs em andamento para investigar possíveis irregularidades nos serviços prestados pela Energisa. A principal reclamação por lá também diz respeito à prática de aumentos abusivos nas faturas de energia.

Outro lado 

A Energisa já tem conhecimento sobre a petição online, mas ainda não se posicionou. Sobre o anúncio da CPI que será instalada na Assembleia Legislativa, a empresa também não divulgou qualquer posicionamento.

DEPUTADOS QUE ASSINARAM A CPI DA ENERGISA

1 – Elizeu Nascimento (DC)
2 – Valdir Barranco (PT)
3 – Wilson Santos (PSDB)
4 – Paulo Araújo (PP)
5 – Xuxu Dal Molin (PSC)
6 – João Batista (Pros)
7 – Dr. João (MDB)
8 – Oscar Bezerra (PV)
10 – Delegado Claudinei (PSL)
11 – Ludio Cabral (PT)
12 – Eduardo Botelho (DEM)
13 – Max Russi (PSB)
14 – Dilmar Dal Bosco (DEM)
15 – Dr. Gimenez (PV)
16 – Dr. Eugênio (PSB)
17 – Romualdo Júnior (MDB)
18 – Silvio Fávero (PSL)

AGORAMT

Deixe seu comentário: